Cruzeiro 2x0 Boa Esporte: Vamos nos permitir ter esperanças

23/01/2020

Quando o juiz apitou o começo do jogo eu me fiz uma promessa: esse ano não vou me permitir criar expectativa alguma. As marcas do ano passado são fundas e permanentes, fomos do céu ao inferno em menos de 7 meses e, sempre que algo positivo acontecia, em pouco tempo dava errado.

 

O aprendizado ficou e será essencial para os próximos anos de dificuldades que temos pela frente. Os meninos que nos conduzirão de volta as glórias precisam que tenhamos paciência, muita paciência. Mas o jogo de ontem mostrou que podemos SIM ter esperança.

Cruzeiro x Boa Esporte pela 1ª rodada do Campeonato Mineiro 2020 no estádio Mineirão. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

 

Mauricio protagonizando grandes jogadas, Cacá controlando a zaga, Adriano com muita maturidade no meio campo, gol de cabeça e gol de contra ataque veloz. Tudo que o Cruzeirense queria ver dentro de campo. Mas, acima disso tudo, vimos garra, vontade e amor a camisa, elementos que já pareciam fazer parte de um passado distante do Cruzeirense.

 

Seguimos com muitas dificuldades e com um futuro muito incerto, mas, se não podemos ter expectativas, podemos nos permitir ter esperanças.

 

Saudações celestes!

 

 

FICHA TÉCNICA: CRUZEIRO 2 X 0 BOA ESPORTE

 

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte(MG)
Data-Hora: 22 de janeiro de 2020, às 21h30.
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Leonardo Henrique Pereira
Cartões amarelos: Da Silva, Gledson(BOA), Edílson, Weliton, Maurício(CRU)
Cartões vermelhos:-
Público e renda: Público e renda: 9.945-presentes /7.774- pagantes/ R$ 149.718,00

Gols: Thiago, aos 18'-1ºT(1-0), Weliton, aos 41'-2ºT(2-0)

 

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Cacá, Léo e Rafael Santos; Jadsom(Edu, aos 12'-2ºT) e Adriano; Maurício, Rodriguinho(Welinton, aos 37'-2ºT) , Alexandre Jesus e Thiago(Judivan, aos 23'-1ºT). Técnico: Adílson Batista

BOA ESPORTE: Renan Rocha, Chiquinho Alagoano, Fernando Fonseca, Wesley e Carlinhos, Caio César, Da Silva(Denis, aos 14'-2ºT), Cesinha(Romário, aos 30'-2ºT) e Léo Gotera(Gledson, aos 36'-1ºT). Gindre e Jefferson. Técnico: Nedo Xavier



Por: Guto Lage - @gutolage

Edição: Renata Batista - @Re_Battista

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco