• João Chiabi Duarte

Cruzeiro 0x0 Corinthians: Empate com sabor de derrota

O que restou de positivo deste empate? – Nesta noite de sábado em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Corinthians fizeram um jogo movimentado, que terminou empatado sem abertura de contagem, sendo o resultado muito ruim para o Cruzeiro, que agora acumula 8 pontos, com apenas aproveitamento de 33% dos pontos conquistados, com 2 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

Cruzeiro x Corinthians, oitava rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Diria que de positivo da partida fica o número expressivo de chances criadas pelo time cruzeirense (17 situações claras de gol contra 4 do Corinthians), que literalmente esbarrou no goleiro corintiano, que fez 5 defesas importantes ao longo da partida (das 10 bolas que foram ao gol corintiano), mas, a ineficiência ofensiva frustrou o torcedor cruzeirense, que compareceu em bom número ao Mineirão (21 mil presentes), na noite fria deste sábado, considerando que o time vem de um longo jejum de 8 partidas sem vencer.


De positivo também pode-se citar a atuação do nosso sistema defensivo, que depois de muitos jogos volta a sair de campo sem sofrer gols, contando sempre com as defesas de Fábio e novamente com a subida de produção de Dedé, que hoje voltou a jogar bem. Particularmente não gosto muito da dupla de volantes formada por Henrique e Ariel Cabral, mas, hoje, a atuação deles foi a melhor em termos táticos se comparada aos últimos jogos. Creio que ambos tenham um estilo muito semelhante, são experientes, mas, às vezes lhes falta velocidade, que é suprida com bom posicionamento.


Hoje, os laterais Lucas Romero e Dodô tiveram boa participação, tanto defensiva quanto ofensiva, criando boas jogadas pelos lados de campo. Diria sem medo de errar que Dodô tenha feito sua melhor exibição com a camisa cruzeirense, pois, soube fechar na linha de 4 na defesa. Apoiou com mais inteligência e além de uma bola na trave ainda obrigou Walter a fazer uma bela defesa num voleio forte que tinha direção certa.


Thiago Neves mais uma vez participou bastante do jogo, concluindo a gol e deixando algumas vezes seus colegas de ataque em condição de marcar. Robinho e Sassá lutaram como sempre, mas, hoje não estavam em seus melhores dias. Pedro Rocha não esteve numa noite feliz, embora tivesse pela frente um lateral improvisado a maior parte do tempo. David entrou em campo e junto com Raniel contribuiu para que a produção ofensiva fosse melhor. Mas, para tristeza do mundo azul a bolinha beijou a trave, parou no goleiro, e não quis entrar.


Digo então que foi um empate com sabor de derrota, pois, hoje, mais que qualquer um dos outros 7 jogos desta fase do jejum, o Cruzeiro mereceu ganhar. Pelo menos, já paramos de perder, coisa que foi cruel no mês de maio. E também paramos de tomar gols nos descontos, outra coisa que me irrita profundamente, pois, denota falta de concentração. Também é fato que desde o jogo contra o Fluminense no Rio pelo Brasileiro, as apresentações do time vem melhorando, mas, estamos marcando passo no Brasileirão, o que é muito ruim.


Os lances mais relevantes da partida:


☺10’ – DEFEZAÇA DE WALTER - Thiago Neves recebe nas costas de Ralf e aciona Pedro Rocha no lado esquerdo na entrada da área. Ele ginga na frente de Michel, traz para dentro e bate, mas, Walter faz boa defesa.


☺15’ – Sassá recebe a bola derivado pela direita e cruza na área. Thiago Neves desvia a bola que fica com Dodô, que passa a Pedro Rocha, que ajeita para a conclusão de Ariel Cabral, que passa perto do poste esquerdo do gol do Corinthians.


☺18’ – Thiago Neves recebe em boa condição na entrada da área, puxa para a canhota e chuta forte. Walter pula, mas não atinge a bola, que passa pertinho do ângulo direito.


☻ 20’ – Danilo Avelar recebe na esquerda, uma boa bola virada por Sornoza e cruza. Gustavo se antecipa a Dedé e toca de sola para o gol, mas, Fábio salva o Cruzeiro.


☺ 24’ – Após cobrança de escanteio de Robinho, Henrique ganha da zaga do Corinthians no 1º pau e cabeceia para boa defesa de Walter.


☺ 33’ –Thiago Neves, de novo, recebe nas costas de Ralf uma boa bola de Robinho e tenta de fora da área surpreender a Walter, que pulou atrasado, mas, a bola foi para fora.


☺ 34’ –Dodô cruza, a zaga do Corinthians afasta parcialmente, Henrique pega o rebote e chuta da entrada da área, mas a bola sobe muito.


☺ 41’ – Após cobrança de escanteio de Robinho, Ariel desvia no 1º poste e Sassá completa na 2ª trave, mas, acossado pela marcação. A bola sai fraca e Walter defende sem dificuldade.


45 + 1’ – Fim do 1º tempo. Cruzeiro foi melhor, porém, sem exigir demais do Corinthians, que seguramente teve mais posse de bola e gastou o tempo. O time de Mano Menezes me pareceu muito voltado à marcação, para permitir pouco ao adversário, mas, não fez aquela marcação sufocante, não teve contundência para sair à frente do placar que acabou sendo justo.


☺ 46’ – O Cruzeiro volta pilhado do intervalo, parte para o ataque com tudo. Thiago Neves cruza, Robinho fura e Sassá também ao tentar bicicleta.


☺ 48’ – DEFEZAÇA DE WALTER - Após cobrança de escanteio de Robinho, Dedé sobe no 3º andar e testa firme, de cima para baixo. Walter salva o Corinthians com defesa de dois tempos.


☻ 55’ - Júnior Urso tabela com Jádson e vai ao fundo na ponta direita, cruza na medida para Gustavo, mas Dedé consegue se recuperar e afastar para escanteio, salvando a defesa.


☻ 61’ – DEFEZAÇA DE FÁBIO - Marcelo de Lima Henrique inventa falta de Léo em Gustavo, mais perto da área. Jádson manda a bola em curva, Danilo Avelar cabeceia, e Fábio faz grande defesa. A zaga felizmente alivia.

Fábio atuando na partida contra o Corinthians. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

☺ 65’ – BOA DEFESA DE WALTER - Dedé ganha de novo no alto e cabeceia, Walter pula no seu canto direito e põe a corner.


☺ 67’ – DEFEZAÇA DE WALTER – Robinho acha Thiago Neves no meio da zaga do Corinthians, a bola fica mais para a conclusão de perna direita. Ele percebe David livre na esquerda e rola a bola. Ele domina e bate colocado, mas Walter, em grande noite, defende.


☺ 68’ – DEFEZAÇA DE WALTER – Após boa trama do ataque do Cruzeiro, Thiago Neves acha Dodô na esquerda quase sem ângulo. Dodô bate cruzado, e o goleiro do Corinthians salta para salvar o time de novo. A bola sobra para Dedé, que ajeita para Robinho que cruza, a defesa do Corinthians tira o pão da boca de Raniel e isola para córner.


☻ 72’ - Júnior Urso arrisca de fora da área, a bola desvia na zaga do Cruzeiro e assusta Fábio. Escanteio para o Corinthians, que Jádson bate fechado e Lucas Romero afasta.


☺ 76’ - Robinho combina com Thiago Neves e acha Raniel na entrada da área corintiana, ele gira e bate colocado, mas, a bola vai para fora, perto da trave esquerda de Walter.


☺ 78’ – FALTA DE SORTE ... QUE CHANCE - Robinho cruza para área, e a zaga afasta parcialmente. A bola vai para o lado esquerdo e Dodô aproveita o rebote, pega bem de esquerda, em curva e acerta a trave esquerda e quase bate em Walter na volta.


☺ 84’ – Raniel recebe de Thiago Neves e limpa o lance e é parado com falta na entrada da área por Marllon que é amarelado. Robinho bate na barreira e desperdiça ótima chance para o Cruzeiro.


☺ 86’ – David abre espaço na zaga do Corinthians, limpa o lance e bate forte de fora da área. Mas a bola vai por cima do gol. Sem perigo.


90 + 4’ – Fim do Jogo – Cruzeiro 0 x 0 Corinthians – Mais uma vez o Cruzeiro foi melhor na etapa final, criou mais chances de gol, mas, a bola não quis entrar. Nas redes sociais o esquadrão anti-Mano ficou em polvorosa, ouriçado, mas, fato é que a partida do Cruzeiro não foi ruim.


♦ Resumo da Partida: 17 situações relevantes do Cruzeiro, 5 intervenções de destaque de Walter, além de 1 bola na trave contra 4 chegadas do Corinthians, com 1 defezaça de Fábio.


SÚMULA DA PARTIDA: CRUZEIRO 0X0 CORINTHIANS


☻ Motivo: 8ª Rodada do Campeonato Brasileiro de 2019

☻ Data, Local, Hora: Mineirão, Belo Horizonte, 08/06/2019, 19:00 h

☺CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Leo e Dodô; Henrique e Ariel Cabral (Jádson a 75’), Robinho, Thiago Neves e Pedro Rocha (David a 64’); Sassá (Raniel a 64’).

DT: Mano Menezes

☻ CORINTHIANS: Walter; Michel Macedo (Bruno Méndez a 17’), Henrique, Marllon e Danilo Avelar; Ralf; Jádson, Júnior Urso (Richard a 81’), Sornoza (Everaldo a 70’) e Clayson; Gustavo

Técnico: Fábio Carille

☻ Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ) + Silbert Faria Sisquim (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ), com boa atuação.

☻ Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) + Grazianni Maciel Rocha (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ), sem interferência de impacto.

☻ Cartões amarelos: Robinho a 69’ (mão na bola) e Marllon a 84’ (falta)

☻ Público Presente: 21.370 +++ Público Pagante: 16.120 torcedores

☻ Renda: R$ 353.229,50 (ticket médio = R$ 21,91 = US$ 5.62)


Homenagens desta coluna: Christiano Rocco e Fábio Militão (que hoje fizeram uma ação social muito legal levando mais de 100 refugiados que vivem em BH ao estádio), Felipe Fraga Gerçossimo, João Paulo Andrade, Alysson Guimarães, Renan Trevisan, Felipe Bartolomeo, Luiz Henry14, além dos conterrâneos de Conceição do Mato Dentro – MG como Samuel Teixeira (hoje defendeu um pênalti cobrado por Da Silva do time de Masters do Cruzeiro que enfrentou a Seleção de Conceição), Thadeu Miranda e Leandro Noel dos Santos.


De Vitória – ES : Uma homenagem especial a Thadeu Barbosa, Márcio Yguer, Isaac Mirai, Gil Campos, Lívia Lemos, além dos grandes Ronny Nascimento, Joel Vieira dos Santos, Rodrigo Moutinho, Fabim Buquel, Denise Broglio Dias, Eleusa Melo e Gilme & Andressa em nome da turma animada da Torcida Capixabazeiros, sempre presente aos jogos do Cruzeiro.


Cruzeiro, Cruzeiro Querido...Tão Combatido, Jamais Vencido


Por: João Chiabi Duarte - @JoaoChiabDuarte

Edição: Renata Batista - @Re_Battista




Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco