VAMOS DAR VALOR PRA QUEM ESTÁ AQUI

28/08/2018

Fala torcedor que acompanha o DebateZeiros, tudo bem com vocês?

 

Os minutos finais do duelo entre Cruzeiro e Fluminense, no último sábado, no Mineirão, reservaram uma discussão forte entre os técnicos Mano Menezes e Marcelo Oliveira na beirada do campo. Parte do bate-boca foi flagrado pelas imagens de televisão quando o placar já apontada a vitória cruzeirense por 2 a 1.

 

Passado o calor do jogo, Mano explicou as razões do estranhamento com Marcelo na beira do campo. Segundo ele, logo depois de Raniel abrir o placar para o Cruzeiro, no primeiro tempo, o comandante tricolor pediu aos gandulas que acelerassem a reposição de bolas. Em seguida, com o empate, graças ao gol contra de Henrique, os cariocas abusaram da lentidão e de paralisações para fazer o tempo passar, e começaram a fazer “cera”.

 

Já na etapa final, quando o Cruzeiro voltou à frente do placar, Mano com toda razão, não resistiu e falou para o Marcelo Oliveira sobre o anti-jogo do Fluminense. ” É que, quando nós fizemos o gol, o Marcelo quis acelerar, pedindo para o gandula repor a bola mais rápido. Aí (depois do 2 a 1) pedir para o goleiro dele cair. Foi exatamente isso que eu falei.” Disse o comandante celeste.

 

Daí em diante os dois bateram boca, veja o vídeo:

 

Discussão entre Mano Menezes e Marcelo Oliveira.

 

Vocês torcedores devem está perguntando: O que isso tem haver? Por que falar nessa “treta” logo hoje, passado 72 horas do jogo?

 

Vejam bem, isso foi assunto no twitter depois do jogo. Os lacradores de opinião, os famosos ditadores de regra apareceram, adivinhem quem eles criticaram?

 

Isso mesmo, quem estava defendendo as cores do clube e nossos interesses dentro de campo. O Mano Menezes pode ser arrogante, retranqueiro, pode se achar o melhor, vocês podem não gostar do estilo de jogo do treinador. Mas ele está do nosso lado, no nosso clube, ele é um dos nossos e temos que dar valor pra quem está aqui.

 

Chega da torcida vangloriar quem passou por aqui, “torcida” de rede social no caso. Porque quem estava na Toca III estava apoiando o time, nossos jogadores e comissão técnica.

 

Sou grato aos títulos que o Marcelo Oliveira nos deu, mas parte da torcida ficar de birra com o Mano, aí já é demais. O time do Fluminense estava fazendo catimba o tempo inteiro e só teve pressa após o gol sofrido. Além disso, gostem ou não, o Mano é treinador do nosso time. E carrega com ele uma baita qualidade: Defender os jogadores, o clube, assume a culpa em vários momentos e pega no pé da arbitragem, como tem que ser. Ele defende o nosso maior patrimônio, o CRUZEIRO ESPORTE CLUBE.

 

 

 

Ridículo ver parte da “torcida” comprando briga do adversário, mas as vezes o que parece é que ficam contra o Cruzeiro, só para rebaixar o profissional que está no clube. Me desculpem a sinceridade, mas tem torcedor de rede social que não vai ao estádio, ficam enchendo o saco falando “merda” e torcendo para o time perder pra culpar o treinador. Ou será que estou errado?

 

Repito, Marcelo teve duas temporadas muito boas no Cruzeiro, agradecemos por isso. Mano conseguiu uma copa do Brasil, salvou o Cruzeiro do risco do rebaixamento duas vezes e tem chance em dois torneios este ano ainda.

 

Cada um da sua forma ajudou muito na história do clube. Mas eu fico com quem está aqui, defendendo o nosso clube, a nossas cores e nossos interesses. Torcedor as vezes tem que ficar mais ativo e ser menos passional. Não sejam esse tipo de pessoa, pode até não gostar, mas TEM QUE RESPEITAR.

 

Não se esqueçam que o Marcelo chegou no rival dizendo que realizaria o maior sonho da vida dele: Ser campeão brasileiro por lá. Depois disso não precisa dizer mais nada, né!

 

Saudações celestes!

Por:Vinícius Matías - @viniciusmatias1

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco