• Wagner Jerônimo

A indignação nas redes sociais: Até que ponto é essencial ou Exagerada as críticas no futebol?

Fala amigo leitor que acompanha o DebateZeiros. Como vai? Ainda comentando sobre Cruzeiro 1x1 Vasco na quarta passada, me chamou a atenção nas redes sociais o impacto do empate cruzeirense sobre o Vasco da Gama. Muitos comentários foram tecidos, muitas criticas pertinentes, muitas ponderações válidas. Mas teve o outro lado, o lado das criticas duras, de vociferações fortes a determinados jogadores, esquema tático e outras situações que discorrerei daqui pra frente.


Não vou me atentar a falar especialmente sobre a partida, pois isso foi muito bem feito pelo nosso colunista, o Vinicius Matias (leia aqui). Quero tentar falar da questão comportamental do torcedor cruzeirense, que após esse empate frustrante contra uma equipe que ao que parece, lutará pra não cair pra Série B pela quarta vez, ocorreu cestas “rusgas” entre os torcedores nas redes sociais observados por mim. Como dito, foi frustrante não vencer, ainda mais por todo o contexto externo (Arbitragem estranha), e pela fragilidade do adversário. Mas será que as críticas na noite de quarta-feira e durante a quinta, foram essenciais, ou exageradas?

Jogo Cruzeiro 1x1 Vasco, 10ª Rodada Campeonato Brasileiro, 2018. Foto: Reprodução/www.dailymotion.com

Houve críticas sobre o Marcelo, atacante da base que entrou “afoito” no jogo. Teve críticas ao futebol do Robinho, críticas ao Thiago Neves, críticas pela falta de um atacante velocista e driblador, críticas ao zagueiro Dedé por se lançar demais ao ataque, críticas ao lance bisonho do Egídio, criticas sobre o treinador Mano e suas escolhas, e por aí vai.


Existiram ponderações sensatas, porque não se deve tirar a indignação do torcedor de não se chatear de não ter ganho do Vasco. Eu me chateei, assim como você que lê esse texto deve ter ficado possesso pelo empate. Mas existiram pessoas que acharam uma tragédia anunciada o Cruzeiro não ter ganho o jogo, dando a entender, que alguns acham que é necessário várias reformulações, contratação de muitos reforços, do treinador mudar radicalmente de esquema, de imposição de alguns jogadores serem mandados embora do clube... Calma!


Técnico Mano Menezes. Foto: Denis Dias/ Gazeta Press

Cruzeiro vive novos tempos dentro das quatro linhas, e são tempos de mudanças. O futebol vistoso e ofensivo, agradável aos olhos do cruzeirense, deu lugar ao futebol equilibrado, defensivo e objetivo imposto pelo Mano Menezes. Pra muitos, ainda é difícil se adaptar a essa realidade, mas a meu ver, é uma realidade onde o clube nesse momento é altamente competitivo, eficiente e que dá alguma segurança pra sua torcida, apesar de não ser um futebol tão agradável de assistir aos amantes do futebol ofensivo.


Não vencer na quarta, denota o quão difícil é o campeonato Brasileiro, onde é muito recorrente times da zona de rebaixamento tirar pontos dos líderes da competição. Apesar do péssimo momento do Vasco, é notório que é um clube de tradição que dentro das suas limitações, veio a Minas pra não perder e levou seu ponto, graças também a não marcação de dois pênaltis claro a favor do Cruzeiro, e isso, deve ser lembrado sempre.


Críticas devem existir, até porque o Cruzeiro é o que é pela sua exigente torcida. Mas fica a reflexão se as vezes, o torcedor exagera demais nas cobranças. O clube está nas oitavas da Libertadores, está muito

próximo da classificação na Copa do Brasil, vem forte no Brasileirão, ganhou o Campeonato Mineiro, e daqui a pouco, terá a parada da Copa pro elenco descansar, treinar, e quem sabe por parte da diretoria, receber reforços que agreguem. O trabalho está sendo feito, Cruzeiro mais vence do que perde. Muito mais. E se a vitória não veio quarta, pode ter sido um acaso. Tomara que tenha sido apenas isso! E se não foi acaso, criticas ESSENCIAIS e CONSTRUTIVAS precisam ser feitas. Porque isso é Cruzeiro.



Torcida Celeste. Foto: Washington Alves/ Cruzeiro



Abraços! Wagner Jerônimo - @Wagner__10



Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco