• DebateZeiros Cruzeiro

Cruzeiro 1x1 Palmeiras: Avante o maior Palestra!

Cruzeiro e Palmeiras protagonizaram um confronto digno dos inesquecíveis anos 90! Mineirão mais uma vez recebendo um grande público para o jogo mais importante do ano até aqui. Mano Menezes mandou a campo a seguinte escalação: Fabio, Romero, Léo, Murilo, Diogo Barbosa; Henrique, Cabral, Elber, Alisson; Thiago Neves e Sobis. Do outro lado o técnico Cuca escalou Palmeiras com Jailson, Jean, Mina, Dracena, Egidio, Felipe Melo, Thiago Santos, Dudu, Guerra, Roger Guedes, Borja.

Diogo Barbosa - Créditos de Imagem: Washington Alves - Agência Light Press

A partida começou com bastante pegada no meio campo, jogo truncado, muito estudado. O Palmeiras tentava ganhar no grito algumas jogadas, mas os jogadores celestes em momento nenhum abaixavam a cabeça. Cruzeiro taticamente era quase perfeito, o movimento das linhas e de coberturas eram precisos.

Competente como costuma ser, Cuca fez bem o dever de casa ao avaliar nossa equipe. No primeiro tempo conseguiu quase que anular nosso lado esquerdo que é fortissímo com Diogo, Cabral e principalmente Alisson. Era nítido que do lado oposto a marcação era muito pior, Egidio sofreu com jogadas no mano a mano por ali. Aliás não sei como camisa 6 Palmeirense chegou ao fim do jogo sem tomar o cartão vermelho, abusou das faltas.

Na etapa final, por volta dos 15 minutos, após parte da torcida pedir sua entrada, Mano pôs em campo o uruguaio Arrascaeta no lugar de Elber, que fez muito boa partida. Com isso o Cruzeiro passou a ficar bagunçado em campo sem posições definidas. Aos poucos Cuca foi soltando mais seu time e como sempre abusava do jogo aéreo, mas nossa defesa muito bem postada não sofria tanto. Até que em um lance de muita sorte conseguiram abrir o placar em uma bola desviada no meio da área matando qualquer chance de Fabio fazer a defesa, 1 a 0.

Em desvantagem só cabia ao Cruzeiro ir para cima do Palmeiras, ainda desordenado ofensivamente achamos mais espaço para jogar pelo nosso lado mais forte. Diogo e Alisson muito entrosados davam trabalho a defesa adversária. E foi assim que nasceu o gol de empate, Diogo teve a iniciativa de entrar dentro da área e acertar uma cabeçada espetacular após cruzamento brilhante de Alisson. Mineirão explodiu de alegria com o gol da classificação!

Após o gol de empate ainda restavam alguns minutos e foi aí que o time me chamou mais a atenção. Em outros momentos sofríamos com a pressão dos adversários, ficávamos enterrados dentro de nossa própria área e aceitando cruzamentos pra todo lado. Mas dessa vez o time mostrou frieza e maturidade para fazer o tempo passar sem sofrer nem um pouco na defesa. Fim de jogo: Cruzeiro classificado e que venha o Grêmio!

Opinião #DebateZeiros: Cruzeiro fez uma partida muito boa. Foi um time que marcou de perto, com vontade e taticamente bem equilibrado. A partir de agora devemos mais ainda dar total atenção à Copa do Brasil, se for o caso poupar sim time todo em algum jogo. Deve ser foco total rumo ao Penta.

Outro ponto é a insistência de parte da torcida em querer Arrascaeta jogando aberto, não funciona! Por mais que o uruguaio seja bom tecnicamente, na minha opinião deve continuar no banco. No esquema de Mano Menezes ele é claramente reserva do TN30, não vai ser centro avante, não vai jogar aberto pela direita e muito menos pela esquerda que Alisson é absoluto. Hoje ele entrou no lugar de Elber que fez boa partida e não deveria sair naquele momento que o time jogava bem.

Por: Felipe Ávila - @FelipeAvilaP

FICHA TÉCNICA - CRUZEIRO 1 x 1 PALMEIRAS

🏆 COPA DO BRASIL 🏆

Quartas de Final - Jogo de Volta

Data: 26/07/2017

Horário: 21h45

Local: Mineirão

PÚBLICO E RENDA

Presente: 44.842 Pagante: 41.660 Renda: R$ 1.277.729,00

CRUZEIRO:

Fabio; Lucas Romero, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique e Ariel Cabral; Élber (De Arrascaeta, aos 17' do 2ºT), Thiago Neves e Alisson; Rafael Sóbis (Raniel, aos 31' do 2ºT).

Técnico: Mano Menezes.

PALMEIRAS:

Jailson; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Thiago Santos, Felipe Melo (Raphael Veiga, aos 12' do 2ºT) e Alejandro Guerra (Keno, no intervalo); Róger Guedes, Miguel Borja e Dudu (Tchê Tchê, aos 28' do 2ºT).

Técnico: Cuca.

GOLS:

Diogo Barbosa, aos 40' do 2º tempo

Keno, aos 26' 2º tempo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e

Cristhian Passos Sorence (GO)

Cartões Amarelos:

Alisson e Thiago Neves;

Yerry Mina, Egídio e Edu Dracena

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco