• Vinicius Matias

Cruzeiro 1x1 Atlético Paranaense: Valeu só pela classificação

Cruzeiro empata com Atlético-PR no Mineirão e se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil. A Raposa enfrentará o Santos na próxima fase da competição. O Time Estrelado jogou com o regulamento debaixo do braço e se classificou numa partida muito pragmática. Valeu só pela classificação.

Cruzeiro x Atlético-PR, segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil 2018, no Mineirão. Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

O JOGO


Primeiro Tempo


Como havia vencido o jogo de ida, o Cruzeiro não foi pra cima do Atlético-PR. Ficou a espera do adversário pra sair nos contra- ataques. Tanto que os paranaenses, ficaram com 58% de posse de bola na etapa inicial e trocou 74 passes a mais que o time estrelado (275 a 201). Só que esses números não valeram de nada. O goleiro Fábio fez apenas uma defesa, em chute rasteiro sem força do atacante Pablo, aos 36 minutos. O Cruzeiro deu sua resposta aos 44 minutos, Rafael Sobis, de fora da área, soltou uma bomba, e Santos se esticou para espalmar a bola pra linha de fundo. Daí em diante, muitos toques errados, cruzamentos sem pontaria e insatisfação da torcida.


Segundo tempo:


O Time celeste continuou com uma proposta pragmática e defensiva, já que o Atlético-PR dependia de um simples gol para vencer o jogo e levar a disputa pela vaga para os pênaltis. Para mudar o patamar da partida, o técnico Mano Menezes colocou caras novas no decorrer do segundo tempo. Primeiro, Raniel entrou no lugar do apagado Thiago Neves. Depois, David substituiu Rafael Sobis. Com as modificações, houve melhora no volume de jogo, e a Raposa chegou a contabilizar 55% de posse de bola, daí já se nota uma melhora.


Aos 27 minutos, o lateral-direito Edilson recebeu passe no meio-campo, adiantou a bola e bateu forte no meio do gol. Santos espalmou para a linha de fundo. Aos 32 minutos, Mano colocou Robinho na vaga do Rafinha, que correu o jogo inteiro e tentou fazer até o que não podia.


Após passe de Raniel, Robinho escorou para Arrascaeta, que levou a melhor sobre Paulo André na dividida e chutou rasteiro no canto esquerdo de Santos, aos 40 minutos. 1 a 0. A classificação do maior de Minas dessa vez, não veio com vitória. O Atlético-PR buscou o empate já nos acréscimos, aos 46 minutos. Bergson se aproveitou de vacilo da defesa celeste, deu chapéu em Dedé e bateu forte sem chances para Fábio: 1 a 1 e fim de jogo.


Opinião: Até aqui, o time fez uma partida segura, mas não apresentou nada de novo, os mesmo lampejos, os mesmos defeitos. Enquanto estiver ganhando vai enganando, mas esse estilo de jogo não convence ninguém. O Cruzeiro precisa melhorar e muito. O elenco tem média de idade alta, não adianta querer muita intensidade, principalmente visando a sequência de jogos que temos pela frente (só essa semana serão três). Espero que o treinador saiba montar um esquema de jogo e um time que possa vencer seus jogos. Acredito que a lesão grave do Fred e constantes problemas físicos do Raniel atrapalharam muito. Com centroavante o time de 2018 vira outro.


ESTATÍSTICAS














FICHA TÉCNICA


CRUZEIRO x ATLÉTICO-PR


Motivo: Copa do Brasil - Oitavas de Final (jogo de volta)

Estádio: Mineirão

Data: 16 de julho de 2018

Horário: às 20h (de Brasília)

Gols: Arrascaeta, aos 40min do 2ºT (CRU); Bergson, aos 46min do 2ºT (CAP)

Cartões amarelos: Thiago Neves, aos 34min do 1ºT; Raniel, aos 21min do 2ºT (CRU); Bruno Guimarães, aos 23min, Renan Lodi, aos 43min do 2ºT (CAP)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Rafael da Silva Alves (RS)

Presentes: 44.443

Pagantes: 39.784

Renda: R$ 638.477,00


CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Leo, Dedé e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Rafinha (Robinho, aos 32min do 2ºT), Thiago Neves (Raniel, aos 16min do 2ºT) e Arrascaeta; Rafael Sobis (David, aos 23min do 2ºT)

Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO-PR:Santos; Jonathan (Bergson, aos 36min do 2ºT), Thiago Heleno, Paulo André e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González (Marcinho, aos 29min do 2ºT) e Matheus Rossetto; Nikão e Raphael Veiga (Guilherme, aos 19min do 2ºT); Pablo

Técnico: Tiago Nunes


#AvanteCruzeiro


Por: Vinícius Matias - @viniciusmatias1

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco