Cruzeiro perde e Tombense assume a liderança

☻ O que restou de Tombense 2x0 Cruzeiro – O Cruzeiro fez um primeiro tempo muito fraco, sem imaginação, sem criar um lance de perigo sequer e tomou um gol de bola parada num lance no qual a superioridade física da Tombense era flagrante com o centroavante Rubens e os dois zagueiros da Tombense preocupando demais o sistema defensivo celeste. Na parada para hidratação, por volta dos 30’ da etapa inicial Adílson Batista orientou que Roberson fosse responsável pela marcação do grandalhão da Tombense (1.94 m) e pouco depois num corner o lateral David bateu no meio da área e saiu o gol. Rubens ganhou a disputa com Léo e acertou cabeçada indefensável.

Foto: Ricardo Danilo/Light Press/Cruzeiro

 

O sistema ofensivo do Cruzeiro usava o Maurício aberto na direita e participando pouco do jogo. Na esquerda Jhonata Robert também atuava aberto. Everton Felipe e o centroavante figurativo Roberson não acertavam uma jogada sequer. Irritantemente perdiam TODAS as bolas.


A Tombense não criara muito mais que o Cruzeiro, mas, tinha em Íbson um líder dentro de campo, o experiente jogador de 36 anos (com passagens por Flamengo, Santos e pelo futebol do exterior) fazia uma ótima partida na transição entre defesa e ataque, sendo o destaque da partida na etapa inicial.

 

No Cruzeiro, Felipe Machado fazia uma partida correta e era responsável por várias roubadas de bola, bons passes e viradas de bola, mas, era cair nos pés do trio de reforços que o Cruzeiro trouxe e a jogada literalmente morria. Assim, terminou a etapa inicial, com a vantagem da Tombense que assim assumia a liderança do Campeonato Mineiro.

 

No intervalo, Adílson Batista promoveu a entrada de Judivan no lugar de Roberson, que caminha a passos largos para assumir a posição de pior 9 da história do Cruzeiro. E mesmo sem fazer nada de espetacular, Judivan conseguiu melhorar a produção ofensiva do Cruzeiro. De cara uma boa conclusão de Everton Felipe que raspou a trave direita de Felipe. Mas, embora criasse alguns lances de perigo o Cruzeiro não criava situações de real perigo para o time do interior.

 

Vendo que Maicon já não rendia pelo lado direito, Eugênio Souza (foi zagueiro da base do Cruzeiro nos anos 80) fez entrar Gabriel Lima em seu lugar, invertendo Cássio Ortega de lado.

 

E novamente, num gol de bola parada, a Tombense ampliou a vantagem aos 20’ da etapa final, num gol de Cássio Ortega num lance em que houve falha coletiva da defesa do Cruzeiro, a bola carambolou na defesa, os grandalhões fizeram tabela de cabeça na área do Cruzeiro e a bola sobrou para Cássio Ortega no lado direito, que virou e de pé direito chutou cruzado e venceu Fábio, para ampliar a vantagem e fazer a alegria da torcida que lotou o Almeidão. Tombos tem 10 mil habitantes e a capacidade do estádio é de 5 mil pessoas e mesmo assim estava lotado.

 

Adilson retirou Jhonata Robert e colocou Marco Antônio e com 30’ tirou o volante Jadsom e colocou Vinícius Popó em seu lugar. Eram 30’ quando Judivan tabelou com Maurício e este recebeu livre na meia-lua da grande área da Tombense e quando ia chutar a gol, recebeu a falta de Admílton. Era situação clara e manifesta de gol e o defensor da Tombense foi expulso.

 

O Cruzeiro passou a atuar no 3 (Cacá, Felipe Machado e Léo) – 4 (Edilson, Marco Antônio, Everton Felipe e João Lucas) – 3 (Judivan, Popó e Maurício), mas, desta vez não conseguiu reverter o placar. Era a quinta partida seguida que o Cruzeiro saía atrás no marcador e desta vez, não fez por merecer um resultado melhor. Vamos ter um longo trabalho a seguir, mas hoje ficou claro que Robinho e Marcelo Moreno serão muito mais importantes do que a princípio se imaginava neste processo de reconstrução do Cruzeiro.

 

☻ Os lances mais relevantes da partida

 

☺ 1’ – QUE CHANCE - João Lucas vai ao fundo e serve Maurício, mas, de dentro da área ele acossado por um defensor chuta muito mal, perdendo chance clara de gol.

 

☻ 6’ - Escanteio cobrado pela Tombense para Marquinhos na área. O meio-campo salta mais que os marcadores e testa pela linha de fundo.

 

☺ 11’ - Everton Felipe dispara em investida no ataque, troca passes com Jhonata Robert e na dividida a bola sobra na entrada da área para Jadsom que chuta para fora.

 

☻ 26’ - David cobra escanteio na medida para o desvio do zagueiro Matheus Lopes. Fábio espalma o cabeceio no canto baixo direito, salva o gol e Adilson chama a atenção da defesa.

 

☻ 34’ – GOL DA TOMBENSE - David cobra escanteio na medida pela direita, defesa do Cruzeiro não corta e o centroavante Rubens, só cumprimenta, sem precisa pular e completa para as redes, quase que se abaixando. Adilson havia pedido que Roberson o marcasse, mas, no lance estava Léo, que não subiu. Mal posicionado não viu a bola. O grandalhão passou por cima e saiu vibrando e o garoto do placar mexeu nas tabuleta: Tombense 1x0 Cruzeiro.

 

☺ 39’ - Everton Felipe retoma a bola numa saída errada da defesa da Tombense e é parado com falta por Admílton na entrada da área. O beque foi amarelado. Na cobrança da infração, Maurício rola para Edílson que solta a bomba, que explode na defesa da Tombense e vai a córner.

 

☺ 43’ – DESESPERADOR - Roberson recebe lançamento no comando de ataque, ele poderia dominar e ajeitar para Maurício que vinha de trás, mas, mandou fraco nas mãos do goleiro. Fiquei roxo de raiva com este lance.

 

☺ 45 + 2’ – Jhonata Robert dá um elástico em David no canto esquerdo do ataque, com pouco espaço, com muita qualidade no drible. Everton Felipe cobra mal a falta e a defesa alivia.

 

♣ 45 + 4’ – FIM DO PRIMEIRO TEMPO – desconto real de apenas 2’ (parada para hidratação)

 

☺ 48’ – Everton Felipe pega a bola na entrada da área e solta um belo chute que vence Felipe, mas, tira tinta na trave esquerda do goleiro da Tombense.

 

☺ 52’ – Edilson recebe de Judivan na ultrapassagem e faz cruzamento pela direita, Maurício cabeceia fraco e facilita o trabalho do goleiro Felipe Garcia, perdendo boa chance.

 

☺ 56’ – João Lucas recebe um lindo lançamento de Felipe Machado, domina a bola pelo lado esquerdo do ataque, mas, ao invés de cruzar, experimenta a batida e erra feio. Bola fora.

 

☻ 62’ – GOL DA TOMBENSE – Numa escapada de Íbson sai um escanteio para a Tombense. Na cobrança de David, Rubens ganha novamente de Cacá pelo alto e ajeita para Cássio Ortega que domina na área e chuta cruzado da direita para a esquerda, para ampliar a vantagem do time da casa e fazer o garoto do placar trabalhar: Tombense 2x0 Cruzeiro.

 

☺ 69’ – Marco Antônio chama a tabela com Everton Felipe, recebe pela esquerda e chuta para defesa de Felipe Garcia.

 

☺ 74’ – Judivan tabela com Maurício e deixa o camisa 11 com a bola na frente, quando ia entrar na área, Maurício recebe a falta de Admílton, que em função da clara e manifesta situação de gol é advertido com o cartão vermelho. Na cobrança da falta uns 2’ depois, Edílson chuta forte, mas, a bola bate um jogador da Tombense fora da barreira e vai a córner.

 

☻ 76’ – Manoel recebe a bola pela ponta esquerda e sai em contragolpe rápido. Ao chegar na área de chute, solta a perna, para boa defesa de Fábio.

 

☻ 79’ – Em nova investida do Tombense, Manoel de novo escapa da marcação de Maurício e manda uma pancada muito perto do alvo, assustando a Fábio.

 

☺ 85’ – Everton Felipe descola uma boa jogada no lado esquerdo do ataque, faz cruzamento para a área e Marco Antônio chega e completa a jogada. Bola pela linha de fundo.

 

♣ 90 + 4’ – FIM DA PARTIDA – Tombense 2x0 Cruzeiro

 

♦ RESUMO DA ÓPERA: Se for analisar SCOUT do jogo se verá que o Cruzeiro teve mais posse de bola, mas, o fez de forma improdutiva, gastando muito tempo tocando a bola no sistema defensivo sem nenhuma contundência, administrando o jogo de forma equivocada. Adílson cobrava intensidade e o time não correspondia, especialmente com os homens de frente que deixavam a defesa da Tombense sair jogando livremente. Isto seguramente melhorou na etapa final, porém, o Cruzeiro não acertou nenhuma jogada de bola parada e todas as cobranças de falta de Edílson, embora tivessem a direção do gol, sempre pararam na defesa da Tombense que é bem armada. E nas chegadas não criou chances cristalinas de gol, nem obrigou Felipe Garcia a fazer defesas salvadoras.

 

É preciso se dar mérito ao sistema defensivo da Tombense que sofreu apenas um gol em 6 jogos, sendo líder do campeonato ao lado do América-MG por merecimento. Neste momento, o Cruzeiro com 11 pontos ganhos está em quinto lugar em função de ter saldo de gols menor (3) que a Caldense (6) e Atlético-MG (5).

 

O Cruzeiro saiu atrás pela quinta partida consecutiva e hoje não teve forças para empreender a virada no placar. E lá se foi a invencibilidade, mas, isto não quer dizer nada. O mais preocupante hoje foi a pobreza do futebol apresentado. O vestibular continua e no domingo, 1º de março, o Cruzeiro enfrenta o Uberlândia em casa e tem que vencer a partida. América e Tombense se enfrentam no duelo de líderes no Horto no sábado. O Atlético-MG vai até Varginha enfrentar o Boa Esporte. E a Caldense recebe a Patrocinense em Poços de Caldas, a URT recebe o Villa Nova em Passos e no jogo dos mais desesperados o Coimbra recebe o Tupynambás no Horto, no domingo.

Time comandado por Adílson Batista não consegue pontuar bem no início de 2020 - Foto: Ricardo Danilo/Cruzeiro

 

♣ O QUE FALOU O TREINADOR DO CRUZEIRO ADÍLSON BAPTISTA APÓS A DERROTA: “A gente sempre fica triste com a derrota, mas, precisamos ter calma, entender a situação e pedir desculpas ao nosso torcedor. Ter paciência reconhecer que estivemos um pouco abaixo e que hoje tivemos desatenção nos dois gols que o time sofreu. Alguns jogadores estiveram bem abaixo do esperado e outros atuaram bem e mostraram que podem crescer. É um processo, não se trata de desculpa. Uma hora iríamos perder. Estamos no segundo mês de trabalho e ainda temos jogadores chegando, tem desgaste, mas, nós precisamos reconhecer que erramos. Tivemos desatenção e tomamos gol de bola parada (falta e lateral), por desatenção nossa. Precisamos contextualizar esta derrota. Que sirva de lição, atenção e alerta para que a gente melhora. Todos sabemos dentro do Cruzeiro que precisamos melhorar.

 

☻ SÚMULA DA PARTIDA: Tombense 2x0 Cruzeiro

 

♦ Motivo: 2ª rodada da fase de Classificação do Campeonato Mineiro (jogo foi adiado)

♦ Local, Data, Hora: Estádio Almeidão, Tombos, 20/02/2020, 19:15 h

♦ Arbitragem: Igor Junio Benevenuto + Celso Luiz da Silva e Ricardo Junio de Souza, com boa arbitragem sem erros de relevância.

♦ Cartão Vermelho: Admílton a 75’ (falta em chance clara e manifesta de gol)

♦ Cartões Amarelos: Edílson (3º) e Marco Antônio (Cruzeiro) e Admílton (no 1º tempo)

♦ Público e Renda: Não informados

 

☻ Tombense (4-3-3): Felipe Garcia, David, Admílton, Matheus Lopes e Manoel; Rodrigo, Marquinhos (Lucas Falcão) e Íbson; Maicon (Gabriel Lima), Rubens e Cássio Ortega (Pará).

DT: Eugênio Souza

☺ Cruzeiro (4-2-3-1): Fábio, Edílson, Cacá, Léo e João Lucas; Felipe Machado e Jadsom (Popó); Maurício, Everton Felipe e Jhonatã Robert (Marco Antônio); Roberson (Judivan).

DT: Adílson Batista

 

As homenagens desta coluna hoje vão para: Artur Coke, Eden Moreira Filho e um time de meninas cruzeirenses apaixonadas Iris Ávila, Helena de Filippis Cabral, Karine Amorim, Shara Rodrigues, Jú da Maior de Minas, Beth Makennel, Maria Celeste Gonçalves, Rita Silveira, Lenna Lopes, Lívia Lima e Rubia Santa Barbara Rodrigues. 

 

E de Conceição do Mato Dentro – MG: Geraldo Reis Carvalho (Bigode), José Antônio Carvalho Souza (Tripa), Roberto Romano (Betinho), Dácio Costa (Carioca da Benfica), Fábio Lima Souza (Binha), Edmundo Pires Pimenta (Pimentinha), José Renato de Rezende (Gasão), Joaquim Luiz de Araújo Costa (Perneta), Sávio Luiz Ferreira de Oliveira (Pezão), José Vicente (Butão Picolé) e Sebastião Ronaldo Mascarenhas (Sessé).

 

Para comandar este timaço de craques de apelidos diferenciados convoco o craque Renílson Marcos de Lima Guimarães (Pico), que estará inaugurando nos próximos dias em Conceição um novo espaço para a prática de esportes chamado BAND Arena, ali na Bandeirinha, que vai reunir a nossa turma para a RESENHA.

 

“Cruzeiro, Cruzeiro Querido, Tão Combatido, Jamais Vencido”

 

Por: João Chiabi Duarte - @JoaoChiabDuarte

Edição: Renata Batista - @Re_Battista

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco