• Giane Alves

Athletico-PR 0x0 Cruzeiro: Pontinho precioso

Salve, Nação Azul!


Infelizmente não vencemos, mas também não perdemos, e nessa luta feroz contra o rebaixamento todo pontinho é importante, ainda mais fora de casa, com 10 jogadores em campo e contra o atual campeão da Copa do Brasil.


O Cruzeiro não se intimidou na Arena da Baixada. Atuando com marcação alta e pressionando a saída de jogo do adversário, a equipe celeste chegou ter a 85% de passe de posse de bola, mas sem conseguir criar chances claras. O erro é o mesmo das partidas anteriores, o Cabuloso demonstra um certo domínio, organiza bem a jogada, mas peca no passe final.


Passados os 10 minutos iniciais de maior pressão cruzeirense, o Athletico começou a assustar, e muito, o goleiro Fábio. Melhor jogador da partida, o dono da camisa 01 celeste teve que se desdobrar debaixo das traves para evitar o gol paranaense. Foram ao menos cinco lances perigosos que ameaçaram a meta da Raposa, ainda no primeiro tempo.

Goleiro Fábio fez grandes defesas durante a partida. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo


A segunda etapa começou da mesma maneira que a primeira, com o Cruzeiro buscando diminuir os espaços da defesa do Furacão. Em um desses lances Sassá chegou a balançar a rede do Furacão, mas o gol foi anulado de forma acertada pela arbitragem. O atacante cruzeirense disputou a bola com o zagueiro e o goleiro do adversário, mas de forma infantil conduziu a bola com o braço antes de finalizar. Resultado? Gol anulado, cartão amarelo e expulsão, já que o jogador já tinha recebido outra advertência na primeira etapa.

Momento da expulsão do jogador Sassá. Foto: Reprodução / Globo Minas


Com um a menos em campo, o Cruzeiro teve que se reorganizar para suportar a pressão do Athletico. O treinador adversário aproveitou a vantagem numérica de atletas e trocou um volante por um atacante, para tentar sufocar a Raposa. Já Abel Braga tirou David para entrada do velocista Ezequiel, jogador remanescente da era Ceni, buscando ter uma válvula de escape nas retomadas de bola. E foi justamente com ele que o Cabuloso teve sua melhor chance no jogo. Ezequiel chegou a linha de fundo, tentou encontrar alguém na área, mas errou o cruzamento. A bola caprichosamente bateu na trave do goleiro Santos, que já saia para tentar interceptar o lance na pequena área.


Demonstrando vontade e solidez defensiva, o Cruzeiro conseguiu segurar o ímpeto do Furacão e saiu de Curitiba com um precioso pontinho na bagagem, chegando a 34 na competição. Com isso, a Raposa ultrapassou Ceará e Botafogo na tabela, e agora ocupa o 14° lugar. Para permanecer à frente dos rivais, a torcida celeste ainda tem mais uma missão na rodada, ligar os secadores para que os adversários diretos não vençam Internacional e Flamengo, respectivamente. Outro resultado que também interessa a equipe estrelada é a derrota do Fluminense, que vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo.


Domingo tem clássico e a China Azul prometer lotar o Mineirão para empurrar o Cabuloso. A luta continua e nós nunca vamos te abandonar Cruzeiro!


Simboraaaaa pra cima deles!


A SÚMULA DO JOGO: ATHLETICO-PR 0X0 CRUZEIRO


Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data e horário: 6 de novembro de 2019 (quarta-feira), às 21h30

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Leo Pereira, Wellington e Marco Ruben (Athletico-PR); Sassá (2x) (Cruzeiro)

Cartão vermelho: Sassá (Cruzeiro)


Athletico-PR: Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Marcelo Cirino), Bruno Guimarães (Camacho) e Léo Cittadini (Bruno Nazário); Nikão, Rony e Marco Ruben. Técnico: Eduardo Barros


Cruzeiro: Fábio; Edilson, Cacá, Fabrício Bruno e Egídio (Dodô); Henrique e Éderson; Marquinhos Gabriel, Robinho (Ariel Cabral) e David (Ezequiel); Sassá. Técnico: Abel Braga


Por: Giane Alves - @gianeaalves Edição: Renata Batista - @Re_Battista

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco