• DebateZeiros Cruzeiro

São Paulo 3x2 Cruzeiro: Esbarrando na arbitragem e nos próprios erros.

São Paulo e Cruzeiro se enfrentaram na manhã de no Morumbi. Com um público de 56 mil presentes, ajuda da arbitragem e contando com erros crassos do Cruzeiro, o São Paulo venceu por 3x2. Dorival mandou à campo: Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Militão, Petros, Hernanes e Marcos Guilherme; Marcinho e Lucas Pratto. Mano Menezes, confirmou o que se esperava. Escalou um time alternativo visando a Copa do Brasil: Rafael; Ezequiel, Leo, Digão e Bryan; Hudson e Nonoca; Rafael Sóbis, Robinho, Alisson e Sassá.

Créditos de Imagem: Marcello Zambrana - Agência Light Press

Precisando desesperadamente da vitória, os donos da casa partiram para o ataque. Ao melhor estilo Mano Menezes, o Cruzeiro se defendia e apostava nos contra-ataques para matar a partida. Logo aos 11 minutos, Sassá foi lançado na área pela Direita. Renan Ribeiro, o “goleiro dos 6x1”, derrubou o camisa 99: Pênalti e boa chance de abrir o placar. O próprio Sassá, com paradinha e displicência, mandou na trave. Mesmo com a chance desperdiçada, o Cruzeiro manteve-se firme em sua proposta. O 4-2-3-1 que defensivamente tornava-se duas linhas de quatro, anulava as investidas tricolores e levava perigo ao gol de R.Ribeiro. O time tinha posse de bola e criava as melhores chances. Robinho atuava pelo meio distribuindo o jogo. Alisson pela esquerda e Sassá se movimentava à frente. Sóbis apareceu apenas no lançamento para o pênalti. Como está mal o camisa 7...

O São Paulo só foi incomodar em bolas paradas, escanteio e faltas que infantilmente eram cedidos por nossa defesa. No último lance do primeiro tempo, o castigo: Nonoca erra um lançamento, São Paulo intercepta, Ezequiel faz uma falta na entrada da área. Na cobrança Hernandes bate sem chances para Rafael. Gol do São Paulo. Lance JUVENIL de nossa defesa. E o primeiro tempo terminou com o pênalti perdido lá aos 11 fazendo falta.

Dorival trocou Militão por Jucilei visando dar mais proteção a sua defesa. Já o Cruzeiro, como sempre, sem alterações. O time de Mano Menezes manteve a postura e no primeiro lance já rompeu a defesa tricolor, mas sem sucesso. No lance seguinte o São Paulo, em um contra-ataque, quase ampliou com Marcinho, que recebeu dentre 4 marcadores, mas chutou longe. Nossa defesa só assistindo... Aos 6, após escanteio, Digão escorou e Sassá, de voleio, do jeito que deu, empatou a partida. Poucos minutos depois, aos 11, Robinho lançou para o camisa 99. Sassá ganhou do “selecioná-vel” Rodrigo Caio e cara a cara, mandou para as redes de Renan Ribeiro. A virada celeste! O segundo de Sassá deixou o ambiente no Morumbi totalmente favorável ao Cruzeiro. O time do São Paulo sentiu o baque e se mostrou nervoso com as vaias vindas das arquibancadas. O Cruzeiro tentou se aproveitar da situação, mas, mais uma vez, esbarrou em finalizações erradas.

O melhor exemplo do quão caro custa esse pecado veio aos 24 minutos. Robinho recebeu na pequena área e, de costas pro gol, girou em cima de Rodrigo Caio e de virada bateu pro gol, mas em cima do goleiro Tricolor. No rebote, Sóbis chutou para a lateral. No ataque seguinte, Digão cedeu um escanteio e na Cobrança o zagueiro Arboleda cabeceou para empatar a partida, ao ganhar de Hudson. Mais um vacilo de nossa defesa. Bola aérea volta a ser uma ameaça clara ao Cruzeiro! Aos 28 Hudson saiu para a entrada de Henrique e na sequencia uma parada técnica. Aos 34 o injusto lance que daria números finais a partida. Gilberto se joga em cima de Ezequiel e o Juiz marca pênalti. Na cobrança Hernandes deu números finais ao jogo.

Mano ainda colocaria Thiago Neves em lugar de Nonoca aos 39 e trocaria Rafinha por Ezequiel aos 41. A partida iria até os 50, mas novamente esbarrando nas finalizações erradas, o Cruzeiro não conseguiu o gol de empate. Digão ainda seria expulso após tomar dois amarelos quase seguidos. Fim de jogo em 3x2 para os donos da casa e muito protesto por parte do Cruzeiro. Sóbis, inclusive veio a ser expulso após o apito final.

Opinião #DebateZeiros: Como o próprio Mano Menezes disse “tivemos a bola do 3x1 antes do 2x2”. Mesmo com os absurdos erro de arbitragem, Mano definiu bem o que foi o Cruzeiro. Um time que tropeça nos próprios erros de finalização. Tivemos pelo menos 5 claras chances de gol, três desperdiçadas. Quantos jogos mais deixaremos de vencer? Quantos jogos mais sairemos sem os 3 pontos por incompetência do ataque? Em quantos jogos mais veremos Sóbis andando em campo? Lembrando que na copa do Brasil Sassá não joga!

O São Paulo foi pressionado, errou, se mostrou perdido em campo, mas ao final foi mais eficiente. Chama a atenção como a defesa do Cruzeiro não mata as jogadas no meio de campo, sempre deixando para tentar o bote ou fazer a falta próximo à área. Com uma defesa que não se porta bem na bola aérea, essa postura tem que ser mudada. Quanto a arbitragem, esperamos que os acomodados e preguiçosos dirigentes do clube façam uma reclamação veemente na CBF pois este não foi o primeiro jogo em que o Cruzeiro saiu prejudicado pela arbitragem.

Por: Helton Santos - @HeltonSantos85

FICHA TÉCNICA - SÃO PAULO 3x2 CRUZEIRO

🏆 Brasileirão - 20ª Rodada 🏆

Data: 13/08/2017 Horário: 11h00 Local: Morumbi, São Paulo

Público: 56.052

Renda: R$ 1.623.971,00

SÃO PAULO:

Renan Ribeiro; Buffarini (Gilberto, aos 20' do 2ºT), Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Militão (Jucilei, no intervalo), Petros (Denílson, aos 20'do 2ºT), Hernanes e Marcos Guilherme; Marcinho e Lucas Pratto

Técnico: Dorival Júnior

CRUZEIRO

Rafael; Ezequiel (Rafinha, aos 41' do 2ºT), Leo, Digão e Bryan; Hudson (Henrique, aos 28' do 2ºT) e Nonoca (Thiago Neves, aos 39' do 2ºT); Rafael Sobis, Robinho e Alisson; Sassá

GOLS:

Hernanes, aos 47' do 1ºT

Sassá, aos 5' do 2ºT

Sassá, aos 11' do 2ºT

Arboleda, aos 26' do 2ºT

Hernanes, aos 37' do 2ºT

Árbitro: Rafael Traci - PR (CBF) Assistente 1: Ivan Carlos Bohn - PR (CBF) Assistente 2: Pedro Martinelli Christino - PR (CBF)

Cartões Amarelos:

Lucas Pratto e Lugano;

Digão, Léo, Ezequiel e Bryan

Cartões Vermelhos:

Lucas Pratto;

Digão e Rafael Sóbis

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco