• DebateZeiros Cruzeiro

Avaí 1x0 Cruzeiro: Derrota da Incompetência

Cruzeiro e Avaí se enfrentaram na tarde deste domingo e a Equipe Celeste esbarrou na retranca do Leão, deixando escapar mais 3 pontos. Os donos da casa, lutando contra o rebaixamento, iniciaram a partida com Douglas; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Wellington Simião, Pedro Castro e Juan; Júnior Dutra e Joel. Já Mano Menezes, preferiu não poupar atletas e enviou a campo Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique e Lucas Silva; Thiago Neves, Élber, Rafael Sóbis e Sassá,

Créditos de Imagem: Eduardo Valente - Agência Light Press

A melhor definição dessa derrota: O Cruzeiro perdeu para a sua própria incompetência. Pela primeira vez conseguimos perder para o Avaí em toda a história de confrontos entre os clubes. Percebemos infelizmente que nosso futebol não está muito distante do futebol apresentado por um dos lanternas do campeonato, apesar da superioridade em campo. Isso mesmo! Tendo um plantel muito superior ao do adversário, pelo menos no papel. Posse de bola sem objetividade, 66% de posse de bola, mas sem eficiência. Ou seja, sem o gol.


Nos primeiros minutos de partida, a Raposa já tinha diversas boas chances de gol desperdiçadas ou paradas nas mãos do goleiro Douglas. O Avaí mal tocava na bola, e o time visitante se limitava a defender. Após vinte minutos de partida, no entanto, o Leão concretizou o clichê de quem não faz, leva em cima do Cruzeiro. Em jogada de contra-ataque, Joel avançou pela direita e cruzou na área, a zaga bobeou na marcação e Junior Dutra, livre, teve tempo de escolher o canto para chutar e abrir o placar aos 21 minutos de jogo. Após o gol, o Avaí voltou a se segurar na defesa aguentando a pressão do Cruzeiro, mas a Raposa não conseguia furar o bloqueio dos donos da casa.


A segunda etapa viu o Cruzeiro aumentar o volume de jogo e ir em busca do empate. Sassá, Rafael Sóbis e Thiago Neves comandavam as principais jogadas da Raposa em campo, mas o goleiro Douglas brilhava sob as traves. A arbitragem também não ajudava: o juiz deixou de marcar pênalti a favor do Cruzeiro em duas oportunidades.


Apesar da pressão durante todo o segundo tempo, o Cruzeiro não chegou ao empate, o Avaí segurou o ataque do time de Mano Menezes e deixou a Ressacada com os três pontos, além da primeira vitória sobre a Raposa na história do clube. Com a vitória, o Avaí chegou aos 17 pontos, na 17ª posição, a ponto de deixar a zona de rebaixamento. Já o Cruzeiro caiu para a oitava colocação, com 22 pontos somados.


Por: Frank Polck - @fpfrg



FICHA TÉCNICA - AVAÍ 1x0 CRUZEIRO


16ª Rodada – Campeonato Brasileiro Data: 23/07/2017 Horário: 16h00 Local: Ressacada, Florianópolis - SC


Público: 6.773

Renda: R$ 154.475,00


AVAÍ:

Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Simião (Lucas Otávio, aos 16' do 2ºT) e Pedro Castro; Juan (Rômulo aos 21' do 2ºT), Júnior Dutra e Joel.

Técnico: Claudinei Oliveira.


CRUZEIRO:

Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva (Arrascaeta, aos 12' do 2ºT); Thiago Neves (Rafael Marques, aos 33' do 2ºT), Élber, Rafael Sóbis; Sassá (Raniel, aos 30' do 2ºT).

Técnico: Mano Menezes


GOL:

Júnior Dutra, aos 20’ do 1º tempo


Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza - SP (CBF)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli - SP (CBF) e

Daniel Luis Marques - SP (CBF)


Cartão amarelo: Simião e Judson

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco