Chapecoense 2x0 Cruzeiro: Atuação apática e falta de ambição.

10/06/2018

Fala torcedor que acompanha o DebateZeiros.

 

O Cruzeiro teve uma noite apática neste sábado e acabou sendo derrotado pela Chapecoense por 2 a 0, em Santa Catarina, em jogo válido pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

 Na Arena Condá, Cruzeiro joga mal e perde para Chapecoense de 2x0. Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

 

O Time Celeste não conseguiu se quer ameaçar o goleiro adversário. Por isso, não mereceu a vitória. Atuação ridícula, erro de arbitragem e escolha equivocada do treinador.  A Chape abriu o placar aos 34 minutos do segundo tempo, com um gol de mão do atacante Bruno Silva e teve tempo de ampliar aos 49 com Elicarlos.

 

Antes de começar a partida, teve problemas elétricos nos refletores da Arena Condá, com isso teve um atraso de 1h18 minutos.

 

O JOGO

 

No primeiro tempo, o Time Estrelado fez um jogo fraco tecnicamente. Não houve nenhum grande lance de perigo, tanto pelo lado da Raposa, tanto pelo lado do time de Chapecó. Os jogadores até tentaram, mas faltou qualidade. Nenhuma jogada trabalhada e muito chutão. Isso é muito pouco para o CRUZEIRO, que tem jogadores de qualidade no elenco.

 

Thiago Neves mais uma vez fez uma péssima partida. Aos 10 minutos, ele arriscou um chute de fora da área, mas a bola passou longe do gol.

Leandro Pereira teve a melhor oportunidade para os donos da casa, aos 43 minutos, quando recebeu na entrada da área e chutou fraquinho, mas a bola ficou tranquila para o goleiro Fábio.

 

Nada mudou no segundo tempo. O jogo seguiu com os  erros de sempre. O melhor ataque do Cruzeiro aconteceu aos 18 minutos. Henrique apareceu pela ponta direita e cruzou para Raniel. O atacante, que entrou no finalzinho do primeiro tempo, no lugar de  Sassá (que saiu com dores no joelho), finalizou de primeira para a defesa do goleiro Jandrei.

 

O Cruzeiro continuou apático, não conseguia criar jogadas de perigo no jogo. Com isso o técnico Mano Menezes sacou do time aos 20 minutos,  o meia Thiago Neves, que estava muito mal e sentindo dor na panturrilha, e colocou o volante Lucas Romero. Na minha opinião o treinador poderia ter optado pelo jovem Marcelo para dar mais velocidade ao time, era o que faltava na partida e já poderia ter escalado o volante argentino de titular. Vale ressaltar também, que o Mano não tinha no banco peças importantes como Mancuello, Rafinha e David. Mas mesmo assim o treinador tem que rever seus conceitos, por essas escolhas equivocadas o time deixa de agredir o adversário e fica dependente de gols, temos uns dos piores ataques da competição.

 

Para piorar, levamos um gol irregular, mas confirmado pela arbitragem. Segundo jogo seguido que arbitragem erra contra o Time estrelado

 

O lance começou com Apodi que cruzou da direita, o atacante Bruno Silva da Chapecoense, que tinha acabado de entrar chutou. A bola iria para fora, mas bateu no braço dele e acabou indo para dentro do gol. 1 a 0 pra eles.

 

Mano tentou corrigir o erro, fazendo outra substituição aos 38 minutos colocando o jovem Marcelo na vaga de Bruno Silva. Não houve tempo pra mais nada, a Chapecoense achou outro gol no fim, aos 49 minutos do segundo tempo. Dedé saiu jogando mal, chutou a bola no pé de Elicarlos que acertou uma bomba de fora da área sem chances para Fábio e ampliou o marcador para 2 a 0. Um resultado “ruim”, para quem sonha com o título.

 

Com a derrota, o Cruzeiro cai para 6ª colocação, podendo ser ultrapassado por Grêmio, Internacional e Fluminense

 

Opinião: O Cruzeiro é um time que sofre com os desfalques. É inadmissível que não tenha um velocista nesse elenco. Os erros de arbitragem revoltam a gente, mas não podem servir de desculpa. Essa pausa para Copa é mais do que necessário, o time celeste caiu muito de rendimento. Espero que o vice-presidente Itair Machado e toda diretoria vá ao mercado e traga reforços pontuais para o segundo semestre.

            

ESTATÍSTICAS

 

Chapecoense       x         Cruzeiro                            

56%         Posse de bola      44%

8              Finalizações           7

5             Chutes pro gol       1

19           Faltas cometidas    16

3             Impedimentos        4

3             Escanteios              6

8             Cruzamentos         10

2             Cartões amarelos   3

0             Cartões vermelhos  0

 

FICHA DO JOGO

 

CHAPECOENSE 2 X 0 CRUZEIRO

 

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Arena Condá, em Chapecó-SC
Data/Hora: Sábado, 9 de junho de 2018, 19h30
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ)
Assistentes adicionais: Rafael Martins de Sá (RJ) e Daniel de Sousa Macedo (RJ).
Cartão amarelo: Rafael Sobis, Robinho e Edílson (Cruzeiro);  Arthur e Elicarlos (Chapecoense)
Gols: Bruno Silva e Elicarlos (Chapecoense)

 

Chapecoense: Jandrei; Apodi (Eduardo), Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros; Leandro Pereira, Wellington Paulista (Luiz Antônio - 15 do 2ºT) e Arthur (Bruno Silva – 29 do 2ºT)
Técnico: Gilson Kleina

 

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Bruno Silva (Marcelo – 38 2ºT) ; Robinho, Thiago Neves (Lucas Romero – 20 do 2ºT) e Rafael Sobis; Sassá (Raniel - 44 do 1º T)
Técnico: Mano Menezes

 

#AvanteCruzeiro

 

Por: Vinícius Matias - @viniciusmatias1

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco