• Vinicius Matias

Botafogo 1x1 Cruzeiro: Ah, se não fosse o talento de Fábio!

Cruzeiro e Botafogo empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro. O resultado é péssimo para o Time Celeste, que não mantém a regularidade na competição e também não sai da sétima colocação. Mais um ponto na conta de Fábio, que fez grandes defesas e segurou o ataque do time carioca.


Com o empate, a Raposa soma 32 pontos, e se mantém na sétima colocação. O Cruzeiro voltará a jogar fora de casa, desta vez contra o Sport. O compromisso acontecerá às 16h de sábado, na Ilha do Retiro, no Recife.

Goleiro Fábio, do Cruzeiro e Kieza, jogador do Botafogo-RJ, durante partida válida pela vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Foto: Gazeta Press


O JOGO


Primeiro Tempo


O Time Estrelado tentava se encontrar na partida, quando logo aos 10min do primeiro tempo, o Botafogo abriu o placar. Após cruzamento de Igor Rabello, Erik ganhou de Marcelo Hermes na jogada pelo alto e cabeceou para o centro da área. O meia Luiz Fernando ajeitou com o peito, livrou-se de Murilo e finalizou para as redes, sem chances de defesa para Fábio: 1 a 0. Depois do gol que sofreu, o Time eleste teve mais volume de jogo, só que não conseguia criar jogadas e nem agredir o time alvinegro, pois a equipe tinha dificuldades em entrar na área do time carioca. Com isso, a equipe do Mano Menezes, achou o gol na bola parada. Edilson, aos 36 minutos, cobrou a falta perto do meio campo e com efeito, a bola caiu no contrapé do goleiro Saulo e foi para as redes: 1 a 1. Após o gol, a partida ficou muito pegada e sem muitas oportunidades de gols.


Segundo tempo


No intervalo, Edilson, foi substituído por Ezequiel. Mano Menezes se mostrou preocupado, porque o lateral estava pendurado na partida. O Botafogo começou a ficar mais tempo com a bola e criou duas boas chances. Na primeira, aos 17 minutos, Igor Rabello recebeu cruzamento de Moisés, subiu mais que Marcelo Hermes e cabeceou no travessão. Aos 19 minutos, Murilo se atrapalhou ao tentar cortar a bola na defesa e Luiz Fernando saiu na cara a cara com Fábio. Mas o atacante chutou fraco. Aos 25 minutos, mais um ataque do time carioca, em mais um lance de desatenção da defesa celeste. Quase na pequena área, Igor Rabello tocou de peito, Kieza passou nas costas de Murilo e só não fez o segundo gol porque Fábio saiu de maneira heroica para defender.


Em uma das poucas chances do Cruzeiro no jogo, Rafinha apareceu sozinho na área e não conseguiu chutar a bola lançada por Ariel Cabral. O técnico Mano Menezes, que já havia substituído Bruno Silva por Rafael Sobis, promoveu a estreia do jovem Ederson, de 19 anos, no lugar de Thiago Neves. Aos 42 minutos, Fábio trabalhou brilhantemente ao defender à queima-roupa a conclusão de carrinho do atacante carioca Ezequiel, salvando o Cruzeiro mais uma vez. E foi só.


ESTATÍSTICAS


















Opinião: Se o empate se manteve no placar muito se deve ao Fábio. O goleiro fez pelos menos três grandes defesas e evitou que o Cruzeiro saísse com a derrota.


Duas vitórias nos últimos dez jogos no campeonato Brasileiro (seis desses jogos com time titular, e quatro com time reserva), sendo cinco jogos em casa. O Cruzeiro infelizmente não leva esse campeonato a sério. O problema que o G6 vai se distanciando, e o time do Mano Menezes não mantém a regularidade na competição. Vergonhoso!


Essa campanha no Brasileiro mostra que só temos um time titular de qualidade, mas fica claro também que esse elenco não é lá grandes coisas. A diferença entre titular e reserva é enorme. Temos um time com poucas peças de reposição. É rezar para os principais jogadores estarem todos aptos nas decisões!


FICHA DO JOGO


BOTAFOGO 1X1 CRUZEIRO


Motivo: 23ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 5 de setembro de 2018 (quarta-feira)

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manos (FIFA/SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)

Assistentes adicionais: Devarly Lira do Rosário (CBF/ES) e Felipe Duarte Varejão (CBF/ES)

Gols: Luiz Fernando, aos 10min do 1ºT (BOT); Edilson, aos 36min do 1ºT (CRU)

Cartões amarelos: Luiz Fernando, aos 38min, Jean, aos 41min do 1ºT. Joel Carli, aos 21min do 2ºT (BOT); Henrique, aos 31min, Edilson, aos 41min do 1ºT. Bruno Silva, a 1min do 2ºT (CRU)

Pagantes: 5.320

Presentes: 5.749


Botafogo: Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean (Matheus Fernandes, aos 22min do 2ºT), Rodrigo Lindoso, Gustavo e Luiz Fernando (Ezequiel, aos 38min do 2ºT); Erik e Kieza (Rodrigo Aguirre, aos 32min do 2ºT)

Técnico: Zé Ricardo


Cruzeiro: Fábio; Edilson (Ezequiel, no intervalo), Murilo, Leo e Marcelo Hermes; Henrique, Ariel Cabral, Bruno Silva (Rafael Sobis, aos 11min do 2ºT), Thiago Neves (Ederson, aos 29min do 2ºT) e Rafinha; Raniel

Técnico: Mano Menezes


#ReageCruzeiro


Por: Vinícius Matias - @viniciusmatias1

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco