Alt. Mineiro 1x0 Cruzeiro: “Nada mudou!”

20/05/2018

Na tarde deste sábado, o Cruzeiro foi até o estádio do América-MG com um time recheado de reservas, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Elenco Estrelado dessa vez não conseguiu a vitória em cima do rival, mas acredite torcedor, “nada mudou”! O Cruzeiro tem outras prioridades e nós sabemos muito bem disso.

 

Nenhum torcedor cruzeirense gosta de perder clássico, mas o técnico Mano Menezes se deu ao luxo de escalar jogadores que não estavam tendo sequência, com exceção de Fábio. Era a chance de mostrar ao treinador que eles merecem mais chances na temporada, ainda mais se tratando de um clássico.

Clássico Atlético x Cruzeiro no Independência | Foto: Cristiane Mattos/O Tempo

 

O jogo

 

O Cruzeiro foi a campo com a seguinte escalação: Fábio, Ezequiel, Manoel, Murilo, Marcelo Hermes; Bruno Silva, Ariel Cabral; Robinho, Mancuello, Rafael Sóbis e Raniel.

 

Primeiro tempo

 

A partida começou bem abaixo do esperado, o rival tomou a iniciativa do jogo mas não conseguiu criar perigo de gol. O Cruzeiro se comportou bem defensivamente no primeiro tempo e teve poucas chances. O nosso meio campo foi inoperante e não conseguiu articular as jogadas, o que mostrou a falta de ritmo e também a falta de entrosamento. Mas a defesa se saiu bem e o adversário mal deu trabalho ao nosso sistema defensivo, mesmo controlando boa parte do jogo.

 

Segundo tempo

 

No intervalo, Sóbis deu lugar ao uruguaio Arrascaeta. Aos dois minutos do segundo tempo, Mancuello (pendurado com um cartão amarelo) foi expulso, falta totalmente desnecessária e estúpida por parte do jogador. O time celeste já  havia demonstrado dificuldade em sair com a bola pelo meio e fazer a transição ao ataque, acabou que complicou o time ainda mais na partida. Nos primeiros quinze minutos da etapa final, o time celeste pressionou o rival e por pouco não abriu o placar com Bruno Silva. A atuação do volante também não foi de encher os olhos. O Cruzeiro continuava pressionando o Alt. Mineiro no seu campo de defesa, mas faltava a qualidade do ultimo passe.
 

Bate-rebate na área do Cruzeiro e Roger Guedes meio sem querer fez o único gol do jogo, aos 16 minutos. OCruzeiro teve chance de fazer, não fez, tomou. Futebol é isso. No decorrer do segundo tempo, Mano Menezes fez mais duas substituições: Robinho saiu para entrada do estreante Vitinho, e Raniel deu lugar ao atacante Sassá, mas não adiantou. O Time Celeste sofreu sua terceira derrota no campeonato


Opinião: O Cruzeiro apresentou dificuldades de um time desentrosado e sem ritmo . Teve chances e uma expulsão no começo do segundo tempo, isso desmonta qualquer estratégia. O time titular do rival sofreu para vencer nossos reservas e conquistar a único título restante para eles: vitória em clássico. Rsrs...

 

Ponto Positivo

 

O garoto Vitinho estreou no profissional, tomara que ganhe sequência, esse menino vai nos ajudar muito ainda.

 

Pontos negativos

 

Robinho vem caindo cada vez mais de produção, esperava mais dele nessa partida, já é o segundo jogo de titular e não rendeu absolutamente nada em campo. Sóbis também não chamou a responsabilidade e pouco apareceu na partida, recebe um alto salário pra ser reserva, tá devendo há muito tempo. Mancuello foi o pior em campo devido à expulsão e não ter conseguido comandar o meio de campo, esperava mais do Argentino.

 

Estatísticas da partida

 

Alt. Mineiro x CRUZEIRO

(66%)  Posse de bola (34%)

(6)       chutes ao gol  (2)

(3)         escanteios     (6)

(0)       impedimentos  (0)

(15)     chutes livres   (13)

(24)     lançamentos   (26)

(13)          Faltas         (15)

 

Ficha Técnica


ATLÉTICO-MG 1X0 CRUZEIRO

Data: 19 de maio de 2018, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Motivo: 6ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/Fifa) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP/Fifa)
Público: 15.384 presentes
Renda: R$ 629.360,00
Cartões amarelos: Emerson, Adilson e Elias (CAM) Bruno Silva (CRU)
Cartão vermelho: Mancuello (CRU)
Gols: Róger Guedes aos 16 minutos do segundo tempo

 

Atlético-MG: Victor, Emerson, Gabriel, Bremer e Fábio Santos; Adilson, Elias (Matheus Galdenzani, aos 37 do 2º), Luan (Otero, aos 12 do 2º) e Cazares; Róger Guedes e Ricardo Oliveira (Alerrandro, aos 45 do 2º).
Técnico: Thiago Larghi.

 

Cruzeiro: Fabio, Ezequiel, Murilo, Manoel e Marcelo Hermes; Bruno Silva, Ariel Cabral, Mancuello e Robinho (Vitinho, aos 22 do 2º); Rafael Sóbis (Arrascaeta, no intervalo) e Raniel (Sassá, aos 28 do 2º).
Técnico: Mano Menezes

 

 

Por: Vinícius Matias - @viniciusmatias1

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco