• Vinicius Matias

Amistoso - Corinthians 2x2 Cruzeiro: Que venha a COPA DO BRASIL

Cruzeiro e Corinthians não saíram de um empate em 2 a 2 na noite desta quarta-feira (11), em duelo amistoso na Arena Corinthians, em São Paulo. Henrique e Rafael Sóbis marcaram para o Time Celeste no primeiro tempo, mas na etapa final a Raposa cedeu o empate para o time paulista.

O Cruzeiro retorna aos gramados na próxima segunda-feira (16), às 20h (de Brasília), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Amistoso entre Corinthians e Cruzeiro, na Arena Corinthians, em São Paulo. Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

O JOGO

Primeiro tempo

Organizado e com postura totalmente diferente, apertando a marcação e buscando o gol a todo momento, o Cruzeiro abriu o placar logo aos quinze minutos do primeiro tempo. Rafael Sóbis cobrou escanteio, Henrique subiu de cabeça e marcou o primeiro gol da partida, sem chances para Cássio. 1 a 0.


O Cruzeiro não diminuiu o ritmo depois do gol, mas passou a dar espaço para o time paulista. A equipe de Mano Menezes mudou a estratégia, apostando nos contra-ataques. Não demorou para ampliar o placar. Aos vinte três minutos, Robinho cruzou na pequena área para Rafael Sóbis marcar mais uma vez de cabeça. 2 a 0


O Corinthians segurava a posse da bola, mas dificilmente conseguia dar trabalho para o goleiro Fábio. O time paulista tinha dificuldade da criação. Mas na segunda vez que furaram o bloqueio da nossa defesa, marcaram o primeiro gol. Aos 37 do primeiro tempo, Rodriguinho passou por Dedé na linha de fundo e cruzou na pequena área, bem na marca do pênalti. A bola passou por toda defesa celeste, e chegou limpa para Paulo Roberto, livre de marcação, finalizar no canto direito de Fábio. 1x2


Segundo tempo


Na volta do intervalo. O Cruzeiro veio como uma estratégia diferente: Seguiu dando espaço ao Corinthians para jogar no erro deles, e a equipe alvinegra buscou partir para o ataque, já que o time estrelado não matava o jogo, e deixava os paulistas sempre mantendo a posse de bola. Aos dezenove minutos, o atacante Roger se jogou na dividida com Fábio, mas o árbitro Lucas Canetto Bellote viu pênalti na jogada. Na cobrança, Jadson desperdiçou e isolou a bola por cima do gol. (Pênalti roubado, não entra). Aos trinta e oito minutos, Marquinhos Gabriel fez jogada de linha de fundo pela esquerda, passou sem dificuldades por Bruno Silva e Ezequiel e cruzou para Pedrinho, também livre de marcação, finalizou com força para o gol de Fábio, sem chances para o camisa 1. 2 a 2. A Raposa ainda levou perigo ao gol de Cássio, com David aos 43' e Ariel Cabral aos 47', mas não conseguiu marcar.


Pontos negativos: Esses dois amistosos serviram para mostrar as carências, limitações e a forma física de cada um dos jogadores. O que me chamou a atenção foi o quanto que Robinho, Thiago Neves e Edílson estão muito abaixo da crítica. Fisicamente estão deixando a desejar, espero mais profissionalismo desses atletas. Na próxima segunda, dia 16, pela Copa do Brasil é pra valer e não tem mais desculpas.


Opinião: Enquanto o time titular esteve em campo o Cruzeiro jogou bem, foi seguro, soube controlar bem a partida e mostrou evolução em relação aos últimos jogos. Depois das alterações um time totalmente desentrosado e sem ritmo. O resultado é o que menos importa, o time celeste jogou bem, com intensidade, correu mais nesse amistoso do que nos últimos jogos. David se movimentou bem no ataque e os gols até que em fim saíram. E os jogadores mostraram evolução. De negativo na partida, só o péssimo árbitro.


FICHA TÉCNICA


CORINTHIANS x CRUZEIRO


Motivo: Amistoso

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 11 de julho de 2018 (quarta-feira)

Horário: às 20h (de Brasília)

Árbitro: Lucas Canetto Bellote

Assistentes: Risser Jarussi Corrêa e Marco Antônio Motta Júnior

Cartão amarelo: Edilson (Cruzeiro)

Gols: Henrique - 15'/1ºT (0-1); Rafael Sóbis - 23'/1ºT (0-2); Paulo Roberto - 37'/1ºT (1-2); Pedrinho - 38'/2ºT (2-2)


Corinthians: Cássio; Mantuan (Paulo Roberto), Henrique, Pedro Henrique e Danilo Avelar (Juninho Capixaba); Gabriel (Léo Santos), Renê Júnior (Jadson) e Rodriguinho (Rodrigo Figueiredo); Ángel Romero (Marquinhos Gabriel), Mateus Vital (Pedrinho) e Matheus Matias (Roger).

Técnico: Osmar Loss.


Cruzeiro: Fábio; Edilson (Lucas Romero), Dedé (Murilo), Léo e Egídio (Marcelo Hermes); Henrique (Ezequiel), Lucas Silva (Ariel Cabral), Thiago Neves e Robinho (Bruno Silva); Rafinha (Patrick Brey) e Rafael Sóbis (David).

Técnico: Mano Menezes.


#AvanteCruzeiro

Por: Vinícius Matias - @viniciusmatias1

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco