Cruzeiro 3x3 Grêmio: Parabéns Aos Envolvidos!

20/06/2017

Cruzeiro e Grêmio empataram em 3x3 no encerramento da 8°rodada do Campeonato Brasileiro. Os pouco mais de 20.000 espectadores que estiveram no Mineirão voltaram para casa com a certeza de terem presenciado o melhor jogo do campeonato até então. Franco e com muitas nuances durante os 90 minutos, o que se viu no Gigante da Pampulha esteve próximo de uma roda gigante. Era difícil tirar os olhos do gramado, diante tamanha intensidade de ambas as equipes.

 

 

Créditos Agência LightPress © Washington Alves / Cruzeiro

 

O Cruzeiro jogando em casa começou a partida indo pra cima dos visitantes, foram 10 minutos de superioridade celeste, o ápice desse domínio parou na bola na trave de Alisson aos 5 minutos. Após esse período, os visitantes começaram a circular a bola e souberam envolver a marcação dos mandantes, culminando em uma jogada de escanteio pela esquerda ofensiva, onde Luan cobrou e Kannemann no primeiro poste desviou a bola que viria acertar a trave. No rebote, Everton livre abriu o marcador. Os donos da casa não se abateram e foram pra cima dos gremistas, mas novamente a trave e Marcelo Grohe impediram o empate do clube mineiro. Em uma estocada perigosíssima Ramiro em um contra-ataque de 4 contra 1, conseguiu fazer o que parecia impossível: desperdiçar o gol.

 

Nos minutos finais, Mano Menezes novamente foi expulso de campo. Coincidentemente, instantes depois sua saída, após falta lateral a favor do Grêmio, a defesa celeste afastou mal e Everton recebeu pela esquerda. O atacante gremista deu um belo drible em seu oponente e cruzou para dentro da área. Fábio tentou alcançar, mas Michel, livre na pequena área, chutou pro fundo do gol. Já nos finalmentes, em bela troca de passes pelo lado esquerdo, Alisson livre cruzou para dentro da área. Kannemann espirrou o taco e Thiago Neves, de dentro da área, não desperdiçou, diminuindo o prejuízo.Os times voltaram sem alterações e, logo aos 3 minutos, após rebatida de Léo na defesa, Thiago Neves com excelente domínio, acionou Sobis na entrada da área. O camisa 7, de esquerda, colocou o time celeste em igualdade no placar.  O jogo ganhou muito em emoção, embora tenha perdido a intensidade da etapa inicial. Aos 15 minutos, em belo passe de Luan para Pedro Rocha, o atacante gremista avançou pela esquerda e chutou para defesa parcial de Fábio, que deu rebote pro meio da área. Ramiro livre, dessa vez não desperdiçou a oportunidade e colocou os visitantes novamente a frente do placar.

 

Parecia então que enfim o Cruzeiro iria sucumbir, pois novamente teria de remar pelo gol do empate. Porém, logo na sequência do gol dos visitantes, aos 18 minutos, Robinho, depois de bela triangulação à frente da área, bateu rasteiro no canto direito de Grohe, que nada pode fazer. Um belo gol e muita festa nas arquibancadas. Após o tento celeste, o time gremista assumiu o papel de protagonista da partida e procurava adotar a estratégia da etapa inicial. Foi o que se viu sobretudo nos 20 minutos finais, período do jogo onde a superioridade gaúcha ficou mais evidente.

 

Pelo que produziu não seria injusto dizer que os visitantes estiveram próximos do gol que os colocaria na liderança da competição. Nitidamente exausto em campo, o Cruzeiro parecia conformado com o resultado, embora também tenha criado situações que o dariam a vitória. O empate acabou sendo justo, devido à alternância de domínio das equipes durante os 90 minutos. Sem dúvidas aqueles que acompanharam a partida entre Cruzeiro e Grêmio nesta segunda-feira, não se arrependeram.

 

O Cruzeiro com o empate está na 8°posição com 11 pontos, o time celeste volta a campo, na quinta-feira às 19:30 quando enfrentará a Ponte Preta em Campinas, pela 9°rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Formação inicial do Cruzeiro

MELHOR DO JOGO

Em uma partida como essa, pinçar destaques individuais não é uma tarefa fácil, pelo lado do Cruzeiro;

  • Ezequiel no setor defensivo, foi sem dúvidas o jogador mais estável. No meio, Lucas Romero além de contribuir com a marcação (líder de desarmes - foram 6) ajudou na transição com um passe qualificado na saída de bola.

  • Alisson: quando estiver bem fisicamente, foi o melhor jogador do Cruzeiro em campo, rápido e dinâmico pela esquerda, foi responsável direto por dois gols cruzeirenses, além de conter os avanços de Edilson (lateral gremista).

  • Thiago Neves: O meio-campista vem evoluindo gradativamente, participativo, só esteve abaixo de Alisson entre os melhores, contribuiu com um assistência e com um gol.

 

PIOR EM CAMPO:

Léo e Diogo Barbosa, igualmente foram muito mal, apesar de não esperar muito do zagueiro celeste, foram dele dois erros que resultaram em gols gremistas.

Já Diogo, após a final do Campeonato Mineiro, teve uma queda vertiginosa em seu futebol, mal sobretudo na fase defensiva, era facilmente envolvido com os avanços da equipe gaúcha.

 

ARBITRAGEM:

Raphael Claus (SP) teve atuação boa, como é característica em suas arbitragens, o jogo flui, foram 24 faltas anotadas. Nem todo contato era considerado faltoso. Os atletas demoraram a perceber isso, mas com o passar do tempo se acostumaram com o estilo do paulista. O Cruzeiro reclama de pênalti em Sóbis que, em dividia com Kanneman, caiu na área. O próprio treinador celeste, admitiu em entrevista pós-jogo que o lance foi normal.

Fora isso, o paulista, que é do quadro FIFA, distribuiu 7 cartões (5/Cruzeiro e 2/Grêmio) e não teve interferência no resultado final, que foi legitimado.

 

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 3 GRÊMIO

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 19 de junho de 2017, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Gols:
CRUZEIRO: Everton, aos 15 minutos do primeiro tempo, Michel, aos 41 minutos do primeiro tempo, Ramiro, aos 15 minutos do segundo tempo;
GRÊMIO: Thiago Neves, aos 45 minutos do primeiro tempo, Rafael Sóbis, aos 2 minutos do segundo tempo, Robinho, aos 18 minutos do segundo tempo (Cruzeiro).

Cartões amarelos: Diogo Barbosa, Robinho, Rafael Sóbis (Cruzeiro); Ramiro (Grêmio)

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo, Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral (Lucas Silva), Robinho (Ramón Ábila), Thiago Neves, Rafael Sóbis (Elber), Alisson.
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann (Rafael Thyere) e Bruno Cortez; Michel, Ramiro, Arthur, Pedro Rocha (Fernandinho); Luan, Everton.
Técnico: Renato Gaúcho.

 

Por: Rodrigo Pereira @_rodrigobvb

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco