Reflexão: Vale a pena defender o trabalho do Mano?

05/06/2017

Chegamos a Junho e estamos assistindo um elenco que, no início do ano, era cotado como candidato a ganhar tudo (inclusive com jogador dizendo que “ninguém ia segurar” e “estava bonito de ver”) apresentar sempre um futebol pobre e burocrático. Não vimos evolução, nem um padrão de jogo definido. O Cruzeiro perdeu sua tradição de ser ofensivo. Achar que o elenco do Cruzeiro não pode produzir mais do que isso que vem jogando com regularidade (sempre pobre e ruim) desde Fevereiro é uma brincadeira! Ou será o elenco pior que Botafogo? Chapecoense? Atlético-PR? Grêmio? Corinthians?

 

Mano Menezes à beira do campo. Créditos: Washington Alves / Cruzeiro

 

Coitado é do Jair no Botafogo! Além de ter um elenco limitado, também perde jogadores machucados todo jogo. O que ele faz? Senta e chora? Culpa arbitragem? Ou sempre acha uma solução? O time carioca já passou por vários times grandes na Libertadores e com facilidade está nas oitavas, também avançou na Copa do Brasil. Jair consegue extrair até mais do que 100% do elenco dele. Trabalho espetacular.

 

E a Chapecoense? Começou um time do nada em janeiro, já disputou 6 competições diferentes em 2017 e hoje já se vê um padrão no time. Apesar de ter um elenco muito fraco já foi campeã estadual e, em campo, passou de fase na Libertadores mas por uma questão administrativa foi eliminada. Hoje lidera o Brasileiro e segue firme para a Sul-Americana. Sul-Americana esta, em que fomos eliminados para o fortíssimo Nacional do Paraguai.

 

E o Grêmio, que hoje tem jogado melhor futebol no Brasil? Tem CORTEZ e LEO MOURA de laterais! Dois volantes que ninguém conhecia. Ramiro e Pedro Rocha de meias. Mas tem um time muito bem treinado pelo Renato, que todo mundo corre e troca de posição e ajuda a marcar. Cadê o grande elenco no Grêmio? Douglas se machucou, Wallace foi vendido e o time já se reinventou.

 

Até o Atlético-PR também. Está classificado na Copa BR e na Libertadores eliminando o Flamengo. A escalação deles começa com Jonathan, Paulo André e Thiago Heleno, ambos “muito queridos” pela torcida celeste. Precisa comentar sobre o time deles?

 

O Cruzeiro tem um time base e o mesmo técnico desde o meio de 2016, mas aqui o discurso de parte da torcida e do próprio treinador é de que o trabalho tem "pouco tempo". Alguns ainda insistem que é o elenco que é ruim e que todos problemas são por causa dos desfalques. Vários outros treinadores pelo Brasil derrubam esses argumentos com bons trabalhos. Um bom técnico, quando vê que o time não funciona como esperado, tem que mudar seus conceitos, não pode morrer com eles! Deve testar outras táticas e outros jogadores. No Cruzeiro o esquema tático é o mesmo desde janeiro e a maioria das mudanças no time titular ocorreram por contusão. Não se pode fazer sempre a mesma coisa e esperar um resultado diferente! Tudo isso vale pra torcida refletir antes de defender o PÉSSIMO trabalho do Sr “My Name is”Menezes" em 2017.

 

Por: @FelipeAvilaP

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco