• DebateZeiros

Análise do jogo: Murici 0x2 Cruzeiro Aqueles estádios da Copa do Brasil...

O Cruzeiro enfrentou ontem o Murici no acanhado Estádio José Gomes da Costa, com um péssimo gramado. Mano Menezes mandou à campo: Rafael; Ezequiel, Leo, Manoel e Fabrício; Henrique, Ariel Cabral, Thiago Neves, Alisson e Arrascaeta; Rafael Sóbis. O Murici iniciou Dias; Paulo Sérgio, Cláudio, Edson Veneno e Patrick; Edvaldo Rambo, Guêba, Júnior Murici e Deysinho; Alexandre e Kattê.

O primeiro tempo foi morno as equipes não saíram do 0x0. O gramado prejudicou o toque de bola da equipe celeste, que também mostrou não se importar muito com a partida, já que nesta fase haverá o jogo de volta. Os donos da casa tentavam mais uma façanha e até criaram algumas oportunidades, mas nenhum perigo.

Na etapa complementar o jogo se desenhava da mesma forma. Mano trocou Alisson por Rafinha aos 16 e Elber por Arrascaeta, aos 26. Esta última um pouco incoerente, pois o gramado não permitia a condução da bola. No lance seguinte à substituição, aos 27 minutos, Manoel, após levantamento na área, abriu o placar. Aos 39, Ábila entrou em lugar de Sóbis e em seu primeiro lance marcou o segundo gol celeste.

A partida terminou em 2x0 e o Cruzeiro carrega uma vantagem considerável, pois além dos dois gols, sabemos que há uma diferença enorme de qualidade entre os times. De forma acertada Mano Menezes poupou Robinho, Diogo Barbosa, Kunty Caicedo e Lucas Silva. O treinador também poderia poupar outros atletas mais técnicos como Arrascaeta e TN, mas no fim tudo ocorreu bem.

Mano Menezes tem muito crédito, mas poderia (e deveria) escutar o torcedor: Ramón Ábila merece mais oportunidades! Falando em oportunidades, a Diretoria do clube deveria aproveitar o golaço marcado pelo Marketing e promover ingressos mais baratos para o jogo de volta. Chega de tentar impor adesão ao programa de sócio! Vamos atrair o torcedor pro estádio!

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco