• DebateZeiros

Villa Nova 1x2 Cruzeiro: Começamos bem. Robinho, melhor ainda.

Análise do Jogo: Villa Nova 1x2 Cruzeiro

Começamos bem. Robinho, melhor ainda.

Iniciando de forma oficial a temporada 2017, o Cruzeiro “visitou” o Villa Nova nesta tarde. O jogo aconteceu no Mineirão, nossa casa e estádio mais que conhecido de nosso elenco. Mano Menezes mandou a campo o time já confirmado há alguns dias: Rafael; Ezequiel, Manoel, Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Alisson; Arrascaeta e Rafael Sóbis. O Villa Nova, que conta com alguns nomes conhecidos no futebol, iniciou a partida com: Fernando Henrique; Osvaldir, Gladstone (ele mesmo), Mateus e Bruno Ré; China, Luís Mário, Jhonathan e Tchô; Felipe Augusto e Roni

Robinho ocupava o lado direito do campo, com Arrascaeta centralizado e Alisson na esquerda. Na frente, Sóbis se movimentava à frente da defesa do time de Nova Lima. Claramente querendo resolver rapidamente a partida, o time de Mano se lançou ao ataque. Dentre boas jogadas criadas e alguns lances de efeito, foram três chances claras de gol antes dos dez minutos. As três passando pelos pés do camisa 17. Chamava a atenção a inversão de posicionamento entre laterais e meias. Hora Robinho ia para a ponta e Ezequiel centralizava, assim como Alisson e Diogo Barbosa. O gol não saiu nessa pressão inicial e o Cruzeiro diminuiu o ritmo. Situação compreensível, pois além do calor, é começo de temporada e virá uma sequência de jogos “quarta e domingo”. O time de Mano manteve a posse de bola e continuou a pressão sobre o “mandante”. As duas únicas chances do Villa vieram de erros de passe do Cruzeiro.

No finalzinho do primeiro tempo, aos 44, Rafael Sóbis caindo pela ponta esquerda, lançou pelo alto para Arrascaeta. O Uruguaio recebeu dentro da área e tentou uma puxeta para cortar o zagueiro e a bola sobrou para Cabral, que, do jeito que deu, mandou a bola no canto esquerdo de Fernando Henrique. Após o gol o Cruzeiro ainda teve uma boa chance com Henrique, mas desperdiçada.

Para o segundo tempo, Leston Junior trocou Luiz Mário por Paulo Vitor. Indício de que o Villa iria para cima. Mesmo com esta substituição, o Cruzeiro manteve o jogo controlado com a posse de bola e levando perigo ao gol de Fernando Henrique. Aos 15, um susto. Em um lance na área, Alisson caiu de mal jeito e sentiu o joelho. Imediatamente Mano Menezes chamou Ábila. No lance seguinte, Alisson arrancou pela esquerda e concluiu de fora da área. O chute foi fraco e pereceu estar puxando a perna. Aos 18 a substituição foi feita. Sóbis veio para o lado esquerdo e Ábila foi para a “centroavância”.

Aos 24, Arrascaeta arrancava para o gol e sofreu uma falta no momento do chute. Na cobrança da falta, Robinho, destaque da partida, mandou a bola no canto esquerdo de F. Henrique. Um belo gol que coroou a atuação do camisa 17. Cinco minutos depois, após uma cobrança de falta da intermediária o Villa diminuiu. Ezequiel não acompanhou o atacante do Villa, que cabeceou no canto esquerdo de Rafael. Novamente a defesa falha em bola aérea. O gol deu ânimo à equipe de Nova Lima, que no “bumba-meu-boi” se lançava ao ataque. O Cruzeiro pareceu sentir o gol, deixando muito espaço e sua defesa. Aos 35 Mano sacou Arrascaeta para a entrada de Élber. A substituição deixou o ataque mais “lento”, ficando Robinho e Cabral a cargo da criação. Aos 45 saiu Sóbis, que não rendeu após a entrada de Ábila, para a entrada de Rafinha.

E ficou nisso. Vitória importante, controlada, com o time se poupando, mas que expôs algumas situações já mostradas em 2016. Henrique destoou ao errar muitos passes. Mano poderia ter promovido a entrada de Rafinha em lugar de Alis

son, como foi treinado durante a semana, para não perder a característica no lado esquerdo. E, pouco depois, Ábila em Lugar de Sóbis. De qualquer forma, é para isto que serve o Campeonato Mineiro. Fazer testes. Quem sabe nos próximos jogos não vejamos Raniel, Tiago Neves e o próprio Rafinha em ação? O Cruzeiro volta à campo na quarta-feira, às 19h30. Horário complicado, mas é o Clássico. A Equipe DebateZeiros confia nas opções de Mano Menezes e acredita que podemos, sim, buscar algo melhor neste 2017. #FechadosComOCruzeiro.

Sua opinião é muito importante para nós!

Deixe sua crítica, elogio ou sugestão para que possamos melhorar sempre!

Fale Conosco